livro sobre mulheres

A cidade do sol: um livro sobre duas mulheres na guerra do Afeganistão

Do mesmo autor de O caçador de pipas, obra é dica de leitura sobre histórias do Oriente Médio

Khaled Hosseini, mesmo autor de "O caçador de pipas", narra em "A cidade do sol", a vida de Mariam e Laila, duas mulheres afegãs que vivenciam violências físicas e psicológicas impostas pelos sucessivos conflitos do país.

No início do livro, as histórias de Mariam e Laila são contadas em paralelo, mostrando as diferenças de personalidade e criação familiar de cada uma, até o dia em que os caminhos delas se cruzam.

As bombas sobre a capital Cabul, o universo religioso do Afeganistão, a origem familiar de cada uma e, a forma como as mulheres são tratadas no país, são alguns dos contextos narrados na obra.

A narrativa nos faz mergulhar no universo dessas duas mulheres e é quase impossível não se comover com o destino delas. Por isso, "A cidade do sol" é uma boa dica de leitura para quem se interessa por livros sobre guerras e a condição das mulheres em alguns lugares no mundo.

Sobre o escritor - Khaled Hosseini ficou conhecido por dar voz a personagens que vivem em meio aos conflitos do Oriente Médio. Ainda na juventude, durante a guerra entre a extinta União Soviética e o Afeganistão, Hosseini e os pais fixaram residência nos EUA. Formou-se em Medicina, mas se consagrou como escritor na obra "O caçador de pipas", de 2003. O escritor só voltou ao país de origem após o lançamento de seu primeiro livro de sucesso e, apesar de não ter vivido o dia a dia da guerra, conseguiu dar visibilidade às pessoas que vivem em meio aos conflitos do Afeganistão. Sua narrativa é clara, direta e ele descreve em seus livros não apenas  a dureza da guerra, mas também o universo geográfico e cultural do país onde nasceu.

Comentários